Direitos dos pacientes HCBC

  • Ser tratado com dignidade, respeito, dedicação e humanidade por todos os colaboradores do Hospital, sem qualquer forma de preconceito ou discriminação;
  • Ser identificado pelo seu nome e sobrenome e não pelo nome de sua doença, número, código ou qualquer outra informação que possa ser desrespeitosa ou preconceituosa;
  • Ter condições de identificar as pessoas responsáveis por meio de uniforme e crachás legíveis, que fiquem posicionados em lugar de fácil visualização;
  • Ter sua privacidade, individualidade e integridade física asseguradas em qualquer momento do atendimento;
  • Assegurar o direito da confidencialidade de suas informações através da garantia do sigilo ético profissional dos colaboradores do Hospital do Coração, salvo se acarretar em riscos para terceiros ou para comunidade;
  • Receber informações claras e objetivas a respeito de sua doença ou hipótese diagnóstica do tratamento;
  • Ter acesso ao sue prontuário, incluindo conjunto de documentos e informações padronizadas sobre o histórico do paciente, princípios, evolução da doença, condutas terapêuticas e demais anotações clínicas;
  • Indicar um representante legal de sua livre escolha a quem confiará a tomada de decisões para a eventualidade de tornar-se incapaz de exercer sua autonomia;
  • Ter acesso a Ouvidoria para apresentar suas sugestões, elogios, reclamações e consulta, sendo respeitado sua privacidade, o sigilo e o caráter confidencial.

Responsabilidade

  • Para atendimento eletivo, providenciar todos os documentos necessários para autorização e aprovação de atendimento de seu tratamento pelo convênio, entregando as guias de autorização;
  • Ter ciência de todas as condições de admissão e internação de acordo com as definições de Hospital do Coração;
  • O paciente ou a família deverá eleger somente uma pessoa para responder pelo paciente ou pela própria família;
  • Dar informações completas e precisas sobre seu histórico de saúde, doenças prévias, alergias, procedimentos, médicos pregressos e outros problemas relacionados à sua saúde;
  • Fazer as refeições de acordo com as prescrições médicas;
  • Não manipular equipamentos e materiais que esteja fazendo uso (sondas, curativos, acessos venosos, bombas de infusão, monitores etc.);
  • Respeitar os direitos dos demais pacientes, colaboradores e prestadores de serviços do Hospital, deverão ser tratados com cortesias, utilizando-se dos canais de comunicação disponíveis para exercer o seu direito de apresentar reclamações passível de punição;
  • Deixar seus pertences pessoais com a pessoa de confiança (parentes, responsável legal etc.) sendo vedada a qualquer profissional a guarda de tais bens (roupa, joias, carteiras, documentos, equipamentos eletrônicos etc.);
  • Respeitar a privacidade dos demais pacientes internados;
  • Respeitar a proibição do fumo nas dependências do Hospital, a qual se estende aos acompanhantes;
  • Honrar seu compromisso financeiro com o Hospital do Coração tanto no que se refere às contas hospitalizares, quanto aos honorários de médicos assistentes.